segunda-feira, 16 de março de 2009

Afinidade





NÃO É O MAIS BRILHANTE,
MAS É O MAIS SUTIL,
DELICADO E PENETRANTE DOS SENTIMENTOS.
NÃO IMPORTA O TEMPO, A AUSÊNCIA,
OS ADIANTAMENTOS, A DISTÂNCIA, AS IMPOSSIBILIDADES.
QUANDO HÁ AFINIDADE,
QUALQUER REENCONTRO RETOMA A RELAÇÃO,
O DIÁLOGO, A CONVERSA,
O AFETO, NO EXATO PONTO
DE ONDE FOI INTERROMPIDO.

TER AFINIDADE É MUITO RARO,
MAS QUANDO ELA EXISTE,
NÃO PRECISA DE CÓDIGOS
VERBAIS PARA SE MANIFESTAR.
ELA EXISTIA ANTES DO CONHECIMENTO,
IRRADIA DURANTE E PERMANECE DEPOIS QUE AS PESSOAS DEIXAM DE ESTAR JUNTAS.

AFINIDADE É FICAR LONGE,
PENSANDO PARECIDO A
RESPEITO DOS MESMOS FATOS QUE
IMPRESSIONAM, COMOVEM, SENSIBILIZAM.

AFINIDADE É RECEBER O QUE VEM
DE DENTRO COM UMA ACEITAÇÃO
ANTERIOR AO ENTENDIMENTO...

2 comentários:

Tati disse...

Super obrigada, Jucy.
Tb estou tocendo pra chegar logo... rs

Adorei seu blog.
Linkei, tá?

beijocas,
Tati

jociane disse...

Achei bem legal,
adorei seu blog,
bjs